Blog do Chef

Gastronomia envolve história, costume de cada povo e confraternização à mesa com as pessoas que amamos.

Aqui no blog traremos semanalmente uma informação diferente sobre este universo.

20 dez, 2016

Quantas origens tem o Panetone?

postado por - Alex Souza

panetone_risotteria

Ele provavelmente está na sua mesa esta época do ano. Tradicionalmente recheado de uvas passas e frutas cristalizadas, mas também nas versões de chocolate, doce leite, sorvete e muitos outros, o PANETONE tem uma origem bem misteriosa.

A primeira versão dessa lenda conta que ele foi criado por um padeiro chamado Toni, que trabalhava na padaria Della Grazia, em Milão, na época de Ludovico, o Mouro (1452 – 1508). O jovem padeiro, apaixonado pela filha do patrão, teria inventado o pão doce para impressionar o pai de sua amada. Os fregueses passaram a pedir o “Pani de Toni”, que evoluiu para o “panattón” (vocábulo milanês) e depois para “panettone” (italiano).

Outra versão da história garante que ele foi inventado na corte de Ludovico, o Mouro, na véspera do Natal, entre os anos de 1494-1500. Em uma festa, a sobremesa que havia sido preparada queimou ao ser assada. Um dos empregados da cozinha, chamado Antonio, havia preparado uma massa com sobras de ingredientes, que pretendia levar para sua casa. Sem outra opção, ofereceu essa massa para servir como sobremesa para a corte e foi muito apreciada por Ludovico, que resolveu chamá-la de “Pani de Toni”, dando origem ao nome.

Uma última versão diz ainda que o panetone foi inventado no século III d. C. E, à princípio, teria a forma de um pão grande.

Qual delas você já ouviu por aí? E qual seu recheio favorito?

 

setas-png

Inscrição no blog

Deixe um comentário